Site preloader
DICAS

5 ALIMENTOS PARA DAR UM BOOST AO NOSSO METABOLISMO

30 Março, 2017

 

Mutchatchas e Mutchatchos!

Desculpem a ausência aqui do estaminé, mas tenho tido tanto trabalho, mas tanto trabalho que não tem sido fácil alimentar o nosso cantinho. Mil perdões! Mas é por uma boa causa… e mais não posso dizer 🙂

 

Agora, o que é que eu posso dizer? Que achei este artigo muito interessante e super útil para esta passagem do Inverno para a Primavera (aleluia, irmãos!). Falamos muito nos picos da gripe, nas constipações decorrentes do frio e de todas as maleitas que associamos ao tempo mais cinzento e chuvoso, mas não é bem assim.

 

Confesso que não sou pessoa de criar alergias, nem de fazer reacções às mudanças de estação, mas “que los ai, los ai” e só vos posso dizer que cerca de 70% dos meus amigos e conhecidos, com quem partilho o meu dia-a-dia sofrem de muitas maleitas decorrentes da chegada do feno, do desabrochar da folha e do florescer da rosa. Estou certa ou estou errada? Quem não deu um espirro nos últimos tempos que levante a sua mão ranhosa! EXACTO!!!!

 

Pois bem, na senda da prevenção (porque nunca é demais prevenir ao invés de remediar) e na busca por um biquini-body 2017, decidi partilhar com vocês 5 alimentos que prometem dar um verdadeiro “boost” ao nosso metabolismo e ajudar a ganhar defesas para enfrentar o maldito pólen que já anda no ar e, assim pela força dos nervos, ajudar a queimar umas belas calorias.

Uma pessoa aponta sempre para as estrelas, right?

 

1.

FRUTAS

 

 

Esta parece um “no brainner”. Já diz o ditado “one apple a day, keeps the doctor away”. NEM MAIS! A ingestão de frutas nesta altura do ano deve ser redobrada (duas peças por dia), com especial destaque para a fruta da época, sempre. Para além desta, podemos também apostar na ingestão de toranjas, laranjas e limões pois todas contém quantidades consideráveis de vitamina C, o que ajuda o metabolismo a ganhar defesas, mas também a acelerar os processos metabólicos, o que é óptimo para o combate das gordurinhas.

Algumas bagas como as franboesas, os mirtilos e os morangos também são óptimos ajudantes neste processo, pois todos são ricos em fibra, que como é mais difícil de digerir pelo organismo, faz com que o nosso metabolismo queime muitas mais calorias a tentar processá-los.

As bananas são, também, excelentes para nos dar energia, mas também para a nossa recuperação muscular, pois são ricas em potássio e em amido resistente o que ajuda muito a prolongar a sensação de saciedade.

Uma excelente opção para usarmos estas frutas é colocar numa taça uma porção de iogurte grego baixo em gorduras e calorias, com elevado índice proteico, e juntar frutas e sementes. E quem diz iogurte grego, pode também dizer papas de aveia. Resulta das duas maneiras.

 

2.

CAFEÍNA

 

 

 

 

 

 

 

Acreditem ou não, mas a cafeína é um excelente acelerador do nosso metabolismo. O segredo com a cafeína é MODERAÇÃO. Nós devemos limitar o consumo de café a uma ou duas chávenas por dia, garantindo que se ingere bastante água durante o dia para ajudar a função hepática no processo de eliminação da cafeína.

Uma opção mais saudável de conseguirmos todos os benefícios de uma chávena de café, com metade dos malefícios do mesmo, é ingerir chá verde, pois este actua como um antioxidante, ao mesmo tempo que ajuda a dar um boost ao metabolismo.

Se vocês forem uns adictos de café, como eu, experimentem adicionar às vossas chávenas um pouco de bebida de amêndoas, de arroz ou de côco para ajudar a dissolver um bocadinho mais a concentração de cafeína.

 

3.

CARNES MAGRAS

 

 

Esta já todos sabemos! Dar preferência a carnes magras como o peru e a galinha, umas vez que estas carnes ajudam na construção de massa muscular e na reconstituição do músculo (para as pessoas que fazem exercício físico) e, por outro lado, são menos calóricas do que as outras carnes.

 

4.

AIPO

 

 

O aipo, coitado, é uma planta aromática comestível que fica ali esquecida no meio das outras ramagens mais famosas. Certo? Quase ninguém come aipo assim pela força dos nervos ou, direi, da fome. Eu, inclusive. Agora, não descurem o poder desta plantinha. Quando estamos a mastigar aipo estamos a estimular a nossa digestão enquanto promovemos um extra de hidratação ao nosso corpo, que é, na verdade, um dos pontos-chave para a aceleração do nosso metabolismo, para a criação de defesas e para queimar umas belas calorias.

Se não gostarem muito do sabor puro e duro do aipo, experimentem mergulhá-lo em guacamole, manteiga de amendoim ou até mesmo num molho de salsa caseiro. Vale a pena!

 

5. 

CHOCOLATE

 

 

 

Yup! I saved the best for last! Confesso que esta é a minha parte preferida de todas as dicas. Como sabem e já mencionei 374565 mil vezes aqui no estaminé, eu sou a louca do chocolate. Tirem-me tudo, menos o chocolate. Portanto, para todos os chocólatras anónimos perdidos por esse mundo, há esperança para nós!

Acreditem ou não, e eu quero muito acreditar nisto, o chocolate negro pode ajudar a dar um boost ao nosso metabolismo. POW! Já disse! Diz que o chocolate negro é rico em magnésio, que é óptimo porque estimula a queima da gordura. POW! Já disse!

Agora acalmem-se! Não comecem a comer chocolate negro como se não houvesse amanhã e não usem este texto como desculpa para gulas desmesuradas. Atenção pessoal! O chocolate, apesar de ser bom para o organismo e para a função cerebral, ele não deixa de ser um doce e, como tal, deve ser consumido em moderação.

Contudo, uma coisa é certa, se nós incluirmos estes alimentos na nossa dieta diária e fizermos exercício físico, dizem os entendidos, vamos sentir grandes diferenças no nosso corpitxo.

Vamos experimentar?

#VERÃO2017 #BOAZONASATÉAOVERÃO

0

Leave a comment

About