Site preloader
DICAS

5 DICAS PARA ARRASARMOS NA TEMIDA FOTO DE PRAIA

18 Abril, 2017

 

Ai, ai (suspiros vários!)!! Estas fotografias de praia não existem, pois não?

 

Juro que gostava de ter a coragem, a ousadia e a mestria para conseguir tirar uma fotografia decente na praia. Who does that!??!?!?!? As corajosas!? As modelos?! As desinibidas?! Só pode!

 

Não posso dizer que sinto preconceitos em relação ao meu corpo. Nada disso! Bem pelo contrário. Acho que ele está bem. Faço exercício físico. Já fiz as pazes com todos os defeitos que ele tem e celebro todas as suas qualidades. É a realidade!

 

Mas… quem nunca!??!?! Quem nunca esteve naquela praia paradisíaca, por exemplo da minha Arrábida do coração, não almoçou porque quis ir logo para a beach (que sempre ajuda a dar aquela secada no corpo), que escolheu aquele biquíni-desejo que sempre sabe que faz sensação, que se sentia bem, que quis sensualizar e fazer amor com a areia enquanto pediu à sua amiga, à sua mãe, ao seu namorado ou marido para “olha, tira-me aqui uma fotografia junto à água, que estou a sentir-me mesmo.. PÁH!!!”, que fez a sua pose número 57 “estou nem aí”, e que confiante pediu a câmara de volta e quando botou olho no ecrã quis chorar de pânico e vergonha?!??!!?!??!?!?!??!?!

 

Hum?!?!? Quem nunca?!?!? Alguém aí desse lado?!?!?!

 

Que péssimo, senhores! É terrível!!! Tenho pânico com as fotos de praia…

 

Não sei se é daquela luz terrível (terrivelmente óptima) da praia que não deixa nada por revelar (não apontem espelhos para o vosso focinho na praia para ver aquele pêlo que teima em não sair ou aquela borbulha que está mesmo a fazer confusão, que só vos vai apetecer sucumbir na próxima onda), não sei se é do ângulo, não sei de é de pessoas que não estão habituadas a tirar fotografias, não sei se é do fotógrafo (bora culpar os outros, bora?!), não sei se é do nosso comum corpitxo de mortais e não de anjos da Victoria Secret, mas… AS FOTOGRAFIAS NA PRAIA NUNCA SAEM BEM! N.U.N.C.A!!!! #FACT

 

Uma pessoa olha para a foto e não se reconhece. É a negação no seu expoente máximo, com comparações imediatas com todos os animais rechonchudos do zoológico comum – baleia, orca, marmota, lula, preguiça, etc.

 

E começam as indagações:

 

De onde veio aquele refego a sair dos costados? Nunca o tínhamos visto a não ser junto à Pedra da Anicha. E aquele não-existente 6 pack?! Como assim!!?!??! Ando a fazer abdominais desde Janeiro de 2015 e é isto que eu tenho para apresentar!??!?! E aquela celulite a dizer adeus junto aos flancos da coxa?! Oi?!?!!? Aquilo não existia na minha casa-de-banho…

 

É terrível!

 

E antes que uma pessoa desista de tirar umas pseudo-chapas à beira-mar, temos que tentar de TUDO! Não vamos desistir até não ter salvação. Certo?

 

Partilho com vocês, em modo serviço público em época estival, um pequeno compêndio de super dicas para “Fotografias na Praia para Totós”. Sou eu! Claramente, eu preciso disto!

 

 

1) Arranjem uma Amiga ou Namorado para emparelharem na Foto

O truque é: se é para ficar mal pelo menos chamem alguém para não fazerem figuras tristes sozinhos. Ahahahha! Just kidding (not!)! A ideia é, obviamente, quebrar o gelo que existe e um certo desconforto por estarmos a posar em trajes menores numa praia, muitas vezes, habitadas por vários banhistas e tentar sensualizar com a câmara sem parecermos Modelos-Wannabes. Se chamarmos alguém para a fotografia podemos interagir com a outra pessoa e tentarmos poses e sorrisos mais naturais. Vamos acreditar que ajuda, ok?

2) Façam o truque da “Modelo Esticadinha”

Amigas, aqui não há segredos. Escolham um “no brainner”. Querem uma pose que funciona sempre? Atirem-se para a areia e estiquem-se, estiquem-se, estiquem-se. Ás vezes o ficar em pé não ajuda à pose, porque temos que combinar vários factores ao mesmo tempo: a posição, o corpo, os gestos, o sorriso e as mãos. Digamos que é o acidente à espera de acontecer. Por isso, e enquanto não dominamos a arte de fotografar dans lá beach, vamos arrasar no chão.

Deitem-se, encolham a barriga, sustenham a respiração, estiquem os pezinhos, e fechem os olhos. POW! Nunca falha!

3) Finjam que não sabem que estão a tirar a fotografia

Da mesma forma que este truque resulta para 99,99% das fotografias das mais bombadas It-Girls do Instagram, na praia, o “estou nem aí” ou “estou sempre a deixar cair as moedas no chão” também funciona. É o truque do “o que está ali no chão?” ou do “acabaram de me contar uma piada super engraçada agora mesmo”. Ou seja, trocando por miúdos, nunca olhem para a câmara, finjam que não sabem que estão a tirar-vos essa fotografia, e dêem uma gargalhada bem forte, assim do nada, com uma pequena inclinação da cabeça para trás. Flawless!

Depois digam que eu não vos ensino nada!

4) Em caso de dúvida, lancem os braços para cima da cabeça

Se em caso de dúvida ou persistência dos sintomas de “péssimas fotografias na praia” joguem as mãos pro’alto. “Para rezar, Marta?”. Não (se bem que toda a ajuda é preciosa)! Para ajudar a esticar tudo! Experimentem! Quando colocamos as nossas mãos e braços para cima do tronco, automaticamente esticamos TUDO da cintura para cima. A barriga parece mais esticada. Os braços parecem mais tonificados. E podemos sempre sensualizar mais, fingindo que estamos a arranjar sistematicamente o cabelo, porque está sempre a vir para o’jolhos! Raios’partam!

Só dicas, pah! Só dicas!

5) Exibam os vossos melhores atributos 

Aqui não há heróis. “Ah e tal… mas aquilo que eu mais gosto é a barriga”. Então, mostra a barriga. Que a posição que escolhes privilegie essa zona do corpo. “Ah, mas são as minhas pernas o meu melhor atributo”. Então, mostra essas pernas como se não houvesse amanhã. “Ah, mas eu gosto mesmo das minhas costas”. Então, tira só fotografias de costas na praia. Capiche?!

Mostrem apenas aquilo que vos valoriza, que vos faz sentirem-se bonitas, que acham que realmente vai acrescentar alguma coisa à vossa auto-estima. Não deixem que uma foto de praia leve a melhor.

Vamos dar uma chance às chapas à beira-mar?

Eu pelo menos vou tentar…

 

 

 

3

Leave a comment

About