BATE-PAPO

ADEUS 2018, OLÁ 2019. JANEIRO, JÁ ESTÁ!!!!!!

1 Fevereiro, 2019

 

PESSOAS MARAVILHOSAS DESTE ESTAMINÉ, BOM ANO 2019!!!!!!!!!!!!!!!

 

Esta vai ser oficialmente a mensagem de “Bom Ano” mais antiga e datada que vão receber em 2019 (e talvez, de sempre!). Já que não pude ser a primeira, pelo menos sou a última. Diz que o que conta é participar…

 

Então, minhas belas pessoas do coração, que contam?!?!?!?!?

Que é feito?!?!

Como andam as vossas vidas?!?!

Que tal de início de ano?

Que perspectivas?

Que resoluções?

 

E este Janeiro que nunca mais acabava!?! Hein??!?

 

Ui, se vos contasse o que se passa por estas bandas, bem que podiam ir buscar pipocas e sentarem-se para assistir a um belo filme do género drama e acção, com uma pitada de humor (negro) à mistura.

Ai ai… (suspiros vários)

Não vos vou fazer isso. Lamento.

Primeiro, por compaixão para com a vossa sanidade mental e segundo, pela manutenção dos meus dedos, que teriam de dedilhar tanto acontecimento que por aqui tem pairado, que temo pela sua condição e anatomia.

 

Posto isto, em resumo, só me apraz dizer: 2018 foi um COCÓ de ano.

 

Em discurso directo: “2018, não foste nada fixe para mim”.

(Estão a sentir a vibe?)

 

Poderia estar aqui a apontar mil e uma razões para que o ano de 2018 não tenha sido particularmente interessante, bondoso, inspirador ou incrível, mas a verdade, nua e crua, é que não foi… por todas as razões e mais algumas.

 

Como não sou pessoa de ficar a olhar para trás a carpir mágoas, decidi encarar este novo ano como um RECOMEÇO.

Um shake, shake, shake da alma com direito a revisão completa do corpo e do espirito.

Quem mais está aí desse lado com este espírito?

 

E, contrariamente, ao que tem acontecido nas passagens de anos anteriores, nesta viragem não fiz absolutamente nenhuma resolução.

 

Como manda a tradição, lá me pus em cima da cadeira, com a nota na bota, diz que tem de ser a de maior valor (acho que a minha foi de 20€, portanto nada auspicioso), ao soar das doze badaladas, dei um salto para o chão com o pé direito, com a mão direita enverguei o copo com espumoso e na noutra distribuí as doze passas.

A muito custo degluti cada uma delas, pedindo em sua homenagem um desejo para mim, para os meus e para os meus de coração.

 

Normalmente, seria pessoa para no início do ano pensar em tudo o que queria alcançar e traçar imensas resoluções e objectivos. “Calendarizaria” todas as metas e faria imensos planos.

 

Flash News:

Querido 2019, contigo não vai (já não está) ser assim!

 

Mote para este ano: “Pára de pensar, arregaça as mangas, deixa-te de merdas e faz!!!!”

Chega de “mi, mi, mi” e “ai, que não dá” e “não está a correr como eu queria”… FUCK IT!

 

Para quê fazer resoluções no início do ano, se chegamos a Junho e já não nos lembramos se queríamos perder 3kg ou parar de fumar? EXACTO!

 

Este é o ano do FAZ ACONTECER.

 

Estás descontente? MUDA.

Estás desmotivado? ENCONTRA UM RUMO.

Estás perdido? OUVE A TUA INTUIÇÃO.

Não sabes por onde começar? COMEÇA POR ALGUM LADO.

 

Estes são os meus mantras para 2019.

Quais são os vossos?!

 

 

 

 

3

Comments

  1. Ana Isabel Costa

    2 Fevereiro, 2019 at 11:19 Responder

    Eu também já me deixei de M…., resoluções! Sou mais prática, mais directa e mais honesta comigo mesma! Tudo flui como tem de fluir….. que o teu 2019 e já agora o meu também seja cheio de coisas boas! Bj

Leave a comment

About