BATE-PAPO

BIG GOOGLE IS WATCHING YOU!

14 Março, 2018

 

Há coisas do além…

 

Uma pessoa resguarda-se para não ter que andar sozinha em plena baixa às 22h da noite, correndo o risco de levar uma naifada nos costados a troco de um mísero iPhone velhinho.

Uma pessoa evita dar pormenores sobre a sua morada, correndo o risco de alguém nos querer fazer uma visita, sem ser convidado, à nossa mansão em Fernão Ferro profundo.

Uma pessoa não faz comentários quando está de férias em Punta Húmbria, correndo o risco dos bandidos estarem atentos às redes sociais e aproveitarem o nosso ócio para fazer negócio (rimou!).

 

Com tantos cuidados e pruridos uma pessoa acha que toma precauções para tornar a sua intimidade e escolhas realmente PRIVADAS, mas NÃO! Vai-se a ver e está tudo escarrapachado em TÓDÓ LÁDE!!!! Que é como quem diz no Google.

 

O que me leva a pensar que – alguém está de olho (e bem atento!) à minha humilde existência nesta terra digital. Já estou a imaginar um nerd qualquer, de óculos armação de tartaruga, millennial, sentado na sua cadeira ergonómica em Silicon Valley a comentar com o seu colega de carteira – “Então, onde anda a tua perseguida hoje? A minha decidiu ir ao Colombo, esteve quase a comprar uma mala horrível da Miss Guided, anda a ouvir Anitta sem parar no Spotify e está quase a gastar os dados do telemóvel a ver non stop Insta Stories. Coitada! Miga, já vais levar aqui com mais umas sugestões para largares o pastel via cartão de crédito que é pra’ver se ta roubam as passes. Toma lá, pirosa!”.

 

BIG GOOGLE IS WATCHING YOU!

 

 

São várias as situações em que sinto que não estou sozinha, e não me estou a referir à mesma expressão utilizada pela minha Tia Etelvina que quando desconfiou que a minha Avó Conceição estava prenha afirmou em sussurros: “São, sei que já não estás sozinha”. Não! É no sentido de estar constantemente e metaforicamente a ser observada.

Soltem a música do genérico do Ficheiros Secretos!!!

 

 

O problema é que aqui há tudo menos secretismo. A perseguição está aí para toda a gente ver.

Por exemplo, it freaks me out quando entro dentro do carro e, sem nunca ter dito nada, sem nunca ter assinalado nada, sem nunca ter mencionado nada recebo notificações do meu Google-Maps-A(ini)migo a dizer “20 minutos até casa pelo percurso normal”. WHAT?!?!!??!!? “Neste momento demora cerca de 30 minutos até ao seu trabalho”. WTF!??!??!

 

Como é que ele sabe?!

Ok, poderão vossemecês dizer, do alto dos vossos conhecimentos informáticó’programacionais, que o Google regista as nossas rotinas, que regista os sítios mais comuns por onde andamos e faz uma métrica ou merda que tal para determinar que “este individuo a modos que vai a este lugar todos os dias e desloca-se para este mesmo ponto todos os dias também, onde permanece X horas, logo este deve ser o local de trabalho e esta deve ser a residência”. Ponto.

 

Ponto nada! É assustador!!!!!!!!!!!

 

Desde que a Google melhorou os algoritmos, cruzou SEO‘s, se apropriou de meio mundo através dos Gmails e começou a cruzar TODA a informação que pesquisamos e enviamos na Internet que sinto que a coisa descambou GERÁU.

 

E se vocês derem com frequência o vosso email, basicamente estão F#$%& – LIXADOS – lixados! Nunca mais têm descanso nas vossas vidas online.

 

A coisa está bera quando percebem que foram passear as vistas para o site da Asos, que viram umas camisolitas catitas, mas agarraram-se à carteira e acabaram por não comprar nada e a seguir vão ao Instagram para ver como param as modas e levam logo nos primeiros segundos de scroll com um post patrocinado de quem? Da Asos! Com o quê?! Com os mesmos artigos que andámos a namorar. E quando vão ao Facebook ver uma notificação qualquer aparece-vos logo na barra lateral direita uma sugestão de visita ou de compra no mesmo sítio onde há momentos tinhamos estado…

 

Tu-ru-ru-ru-ru-ruuuuuuuuuuuuu (novamente música dos Ficheiros Secretos)

 

“Ah, é uma coincidência!”, diriam. Mas há lá coincidências nesta vida digital, minha gente?!?!

Na, na nim na, não!

 

Está tudo estudadinho ao milímetro para que consumamos mais, para eles receberam mais dinheiro com os patrocínios e para cronometrarem ao segundo as nossas vidas TODAS. Porque controlo é poder e poder é dinheiro. Não se enganem minha gente. Quando a “shit hit the faneles vão saber TUDO!

 

 

Não é que seja uma freak das teorias da conspiração ou contra a novas tecnologias e tudo aquilo que elas implicam, mas como dizia o meu pai quando eu trepava os cortinados da sala da casa da minha vizinha Celeste: “já estás a abusar!”.

 

É mesmo isso! O Google já’tá a abusar, mesmo bué!

 

Agora, para mim o pior é mesmo quando não procurei nada, não mexi em nada, não escrevi nada e depois de uma conversa, JURO, uma conversa verbal, falada, entre quatro paredes aparecem-me sugestões nas minhas redes sociais daquilo que falei!!

 

Estarei louca?! Estarei com a mania da perseguição ou estaremos mesmo todos a ser perseguidos?!

 

MEDO! Muito M.E.D.O!

 

Ele – Google – está em todo o lado e tal como no Big Brother nem na casa-de-banho nos escapamos. Ca’nojo!

 

Contudo, ainda não recebi nenhuma sugestão de papel higiénico… estranho…

5

Comments

  1. Filipa

    15 Março, 2018 at 11:15 Responder

    No outro dia tive esta mesma conversa com um amigo. Está certo que nos começamos a habituar a estes algoritmos (infelizmente!), que quando procuro algo no computador assim que abro o telemóvel aparece publicidade a isso mesmo. Mas tal como tu comentámos sobre as coisas que eram discutidas em pessoa, e nunca escritas, aparecerem em publicidade online. Pensei que estava a ficar maluquinha, mas pelo menos sei que não estou sozinha.

Leave a comment

About