Site preloader
life&love

Breaking Bridal # A Véspera…

24 Julho, 2014

O dia antes do casamento…

Hoje é um dia antes do casamento, não do meu, mas do teu, B. É um dia muito especial. É um dia diferente, com um colorido bem desigual em que, sem entrar em grandes filosofias existencialistas, sentimos que algo de transformador se vai passar. E vai!

Só estou casada há um ano, por isso as minhas memórias do dia e dos anteriores estão ainda bem frescas e lúcidas. Recordo-me de todas as minhas amigas casadas me dizerem para ter calma e não stressar no dia anterior, mas que era suposto estar a mil e a correr de um lado para o outro.

Pois, comigo não aconteceu nada disso. Foi um dia de tarefas, de ir fazendo uns “check” a encarnado na minha “to do list”, mas de resto foi super pacífico (demais, até!). Estava à espera de estar muito atarefada, ocupada de um lado para o outro, mas não! Organizei tão bem as coisas nos dias anteriores que quase não tinha nada para fazer.
Contudo, sei que fui uma excepção.

Já organizei festas de casamento para muitas amigas minhas e este dia é sempre CAÓTICO! E aquilo que sinto é que se perde aquele momento mais calmo, de uma certa introspecção necessária, quase preparatória de rito de passagem de acasalamento. Ahahaha! Brincadeirinha. Mas falta sempre uma acalmia e tranquilidade.

Concelho de amiga: Tentem fazer “damage control” para este dia. Não há nada pior do que estar na véspera a resolver coisas super importantes como as lembranças para os convidados. E de repente, sem saber como chegaste ali, estás a fazer 200 lacinhos de cetim às 22h30 da noite. Como assim? Onde está a noite do pepino? Não pode ser! Planear e antecipar é o meu conselho para um dia que deve ser divertido e também descansado.

Façam, também, nesta noite a vossa mala de noite de núpcias. Caprichem nesta parte. Acreditem em mim! Quando chegam ao quarto, depois do casamento, não há assim nada de muito glamoroso, como nos é feito acreditar. Depois de muitas horas em modo “sorriso colado na cara”, fotografias, danças, comidas, cumprimentos, abraços, beijos e despedidas sentimentais, sob ao quarto muito cansaço, álcool e pés doridos a pedirem por cama. É preciso de algo que faça valer a pena. Que como diz a tradição: é para consumar! OUVIRAM!!?!?!

Para quem se vai casar ou está também em vésperas do big wedding day tentem aproveitar os pequenos apontamentos que estes últimos dias de solteirice nos reservam. São muito importantes e simbólicos. Guardem-nos, eles vão fazer falta para recordarem, positivamente, este momento da nossa vida.

A ti, minha B, desejo apenas um resto de dia muito feliz, porque amanhã à farra da boa e da grande. Hoje ainda te vou dar um grande beijo abraçado, o último de solteira. Coisa mai lindaaaaaa!!!

PARTY ON!!

0

Leave a comment

About