inspirations, life&love

Are You Ready For Summer?!

11 Maio, 2015

Este fim-de-semana fui para Setúbal e com as previsões meteorológicas a anunciar temperaturas estivais, decidi colocar na mala, assim com’à’ssim, o meu kit-básico-de-praia, que inclui SEMPRE: bikini, havaianas, mochila, toalha de praia, protector solar e água termal.
Pumbas! I’m ready for summer, pensei. Yayyyyyyyyyyyyyyyyyy!!

Só consegui ir à praia no domingo e foi o maior bálsamo do mundo, apesar do trânsito insano que apanhei para chegar à praia. Como assim??! Nunca tinha visto aquilo tão concorrido. Eu sei que as praias da Arrábida estão na moda, mas… estão assim tanto?? É por causa das novelas gravadas em Setúbal? É por causa do peixe assado e do choco frito? O que é que se passa? O que fizeram à minha serra? Só vos digo que estava o “povo cheio de gente”. Buáaaaaaaaaaaaa!
Enfim… o que vale é que tenho bom feitio e a vontade de ir a banhos era maior que o desejo de socar pessoas que não sabem conduzir, nem agir civicamente perante o caos. Adiante.

Quando estava refastelada na minha toalhinha a devorar todas as fofoquices das revistas do social que levei para a praia – um clássico na minha mochila (isso e bolacha Piedade) – comecei a pensar em três coisas essenciais que eu não questionei e que dou como garantidas, mas que podem ser autênticas dores de cabeça para muitaaaaa gente! A Santíssima Trindade da Praia:

1) DEPILAÇÃO

Digo-vos, meninas e meninos, que a depilação a laser foi, para mim, a invenção do século XXI. Sem sombra de dúvidas. Para mim é Deus no Céu e Clínica do Pelo na Terra. Comecei a fazer depilação a laser há três anos atrás e foi o melhor investimento que fiz à face da terra.
Todos sabemos – as depilações são a maior chatice de todo o sempre, porque temos que estar à espera que os pelos cresçam para podermos voltar a tirá-los, já para não falar na seca e tortura que é arrancar os sacanas. Até eles crescerem picam, incomodam, dão comichão e começam a aparecer, o que deita por terra a visão de que estamos “apresentáveis” à sociedade. Certo?
Agora imaginem alguém, como eu, que tem todos os benefícios e privilégios de ser uma morena à séria, ui! Os pelinhos são bastante visíveis, em abundante quantidade e difíceis de erradicar sobre circunstâncias tradicionais. Um suma: UMA DOR DE CABEÇA!

Andei a adiar a ideia do laser por preconceito, por “medos”, por “dúvidas”, mas rendi-me aos factos – quero matá-los a TODOS de uma vez. Por isso, vamos lançar fogo ao bicho. Não sei se a Clínica do Pelo é a melhor, a pior ou assim a assim, sei que foi o sítio onde fiz, que me recomendaram, e os resultados não poderiam ter sido melhores. Aliás, foram TOTAIS! Só para terem uma ideia há mais de 1 ano que não me depilo. Estou como Deus Nosso Senhor me mandou ao mundo e sinto-me uma jovem imberbe. A pele fica super lisa, elimina algumas imperfeições e os indesejáveis pêlos vão-se de vez. Há um ano atrás fiz apenas uma sessão nesse ano, só de manutenção e mai’nada! I’m free desta prisão de pelos e depilações. Acreditem que foi life changing! Saiu-me do pêlo, literalmente, cada sessão, que a coisa é eficaz porém carota, mas, para alguém como eu (peluda até há quinta casa), foi um investimento. Tipo, tipo PPR em pelos para a vida! Que assim fique por muitos e bons tempos. Amén!

Por isso, ontem, quando fui à praia nem questionei se estava apresentável ou não. Vesti o bikini e FUI. Se estão neste dilema do faço, não faço, experimento, não experimento, eu aconselho vivamente. Em mim deu resultados espantosos e espectaculares. Fã nº1.

2) BIKINI BODY 

Fala-se muito hoje no exercício físico, num estilo de vida saudável, numa alimentação super-hiper-mega exemplar, e não é por acaso que os ginásios estão ao barrote, na sua ocupação máxima, a partir de Maio. Todos sabemos que, apesar de muita gente já estar a adoptar o exercício como religião, ainda estamos longe de tocar a maioria das pessoas, no que diz respeito a esta noção de “mexer o rabo” faz bem à saúde. São poucas as pessoas que treinam todo o ano e não só nos três meses que antecedem o Verão. E não falo de cor, sei disto porque tenho amigas minhas assim. Não incluem o exercício e a alimentação saudável durante todo o ano e depois cheguem a Maio e é o “Ai Jesus, que vou ter que me enfiar num bikini”.

Pois é! É por isso que a minha bitola de bem-estar está nessa pequena constatação, tão simples, porém tão eficaz. Podem achar que sou louca, mas eu tenho esta panca. Até mesmo no inverno, a minha medida para saber se estou de bem como o meu corpo é pensar “se amanhã me pedissem para vestir um bikini estava bem!?”. E normalmente a resposta é positiva.

Mas isso não tem que ver com modas, com paranóias ou manias. Não! Tem que ver com um estilo de vida que adoptei desde… sei lá! Eu faço desporto desde os meus 5 anos e NUNCA parei. N.U.N.C.A. Porque o exercício é para mim parte integrante da minha vida e do meu bem-estar. É uma coisa que me dá prazer, que me equilibra, que me dá consciência corporal, que me ajuda.
Por isso é que não questionei se estava bem para ir à praia ontem. Não. Vesti o bikini e fui. Sem medos, sem complexos, sem nada. Mas acredito que isto só se consegue se percebermos que a consciência corporal não pode acontecer só nos meses em que andamos mais despidos, tem que ser uma constante, tem que ser uma aquisição interna. E não é para sermos as top models da praia. Nada disso. Cada corpo é um corpo e aqui o apelo é pela saúde, é pelo bem-estar e é pelo idel de beleza que cada mulher decidiu cumprir para si mesma.

Eu vejo-o como um contrato interno de mim, para mim, em que sou a fiel depositária deste meu corpo e espírito e tenho a função de o cuidar o melhor que sei e posso. “My body is my tample” é o meu mantra e tento ser-lhe fiel para me concretizar. Por isso, fica a dica: exercício e comidinha saudável o ano todo faz maravilhas no nosso corpo e na nossa disposição todos os dias do ano. Pensem sempre que pode surgir a qualquer momento uma viagem surpresa ao Brasil e depois? Exacto! Malhação o ano todo!

3) BIKINI, BRONZE e PRAIAS MENOS FREQUENTADAS

A questão do bikini para as primeiras idas à praia pode ser fundamental para nos sentirmos bem e não tornarmos aquele momento de prazer num pesadelo infernal.
Eu sou morena, mas no inverno perco sempre a maior parte do bronze que ganhei no Verão. Neste momento passei de uma lula para uma tez semi-transparente. Apesar de não me sentir envergonhada pelo meu corpo, sei que um bronzeado é bem mais bonito, dá um ar mais saudável e mais adelgaçante. Pois que ontem, sendo o meu primeiro dia de praia, nada destas coisas estava a bater cá para os meus lados. Estou branca, pálida, esquálida. Terrível.
Qual é o meu truque? “Caracol, caracol com os pauzinhos ao sol”… Não há segredos, temos que nos por ao sol, devidamente protegidas com bons protectores e com factores decentes. Se não vos fizer mal à pele, eu gosto de juntar sempre nas primeiras idas à praia um protector que também tenha óleo bronzeador. Começa logo a dar aquela corzinha-do-bem, para além de que a nossa pele lá na praia fica com melhor aspecto. Et voilá. Não há grande ciência. É ir e esperar que o sol pegue! Outra coisa que também faço dois dias antes de ir à praia é fazer uma esfoliação. É brutal! Ao retirarmos a camada de pele em excesso, conseguimos absorver melhor os raiozinhos que nos vão dar uma cor saudável. Experimentem! Isso e comer coisas com muitas vitaminas. Abusar nas frutas e legumes, especialmente os que têm betacarotenos como a cenoura, abóbora, tomate, beterraba, etc.
Outra dica é escolher praias que estejam menos frequentadas nas primeiras vezes de exposição. Claramente este meu ponto falhou ontem, mas… não se pode ter tudo!

Em relação ao bikini, eu escolho sempre para companheiro de primeiras idas à praia aquele bikini que nunca nos desilude, aquele onde nos sentimos mais confortáveis, que não tem tiras esquisitas, que não desanda facilmente, que não nos faz suster a respiração quando vamos à água. Esse mesmo!! Aquele que nos faz sentir bem. Essa deve ser a nossa escolha, para que não sejamos muito duras para com o nosso corpo e não adicionarmos stress ao momento.
Tranquilidade sóce, que o Verão é para aproveitar!

Posto isto, será que estamos prontas para o Verão? A minha resposta é sim! Desesperadamente, SIM!

E vocês?!?!?!?! Contem-me coisas, não me escondam NADA!

0

Leave a comment

About