inspirations, life&love

Crónica InShape | TENS A CERTEZA QUE ÉS FIT? SE CALHAR, NÃO!

24 Julho, 2015

Sejamos sinceros, falamos aqui vezes e vezes sem conta da nossa corrida a favor da saúde, do bem-estar e do fitness, mas por mais vezes que consigamos ir ao ginásio e por mais papa de aveia que comamos, às vezes não é o suficiente, e perguntamo-nos porquê. Porque é que apesar de estarmos super activos, de comermos bem, irmos ao ginásio quase todos os dias da semana não é o suficiente. Como não?

Todos temos objectivos individuais de saúde e de beleza, mas com os dias longos no escritório, sentados, seguidos de intermináveis minutos no carro, parados no trânsito, acabamos por ter a tendência de descarrilar GERAL. Mas… e se nos dissessem que a saúde e a vitalidade dependem mais de um estado de espírito e de um mind-set, do que mais horas do ginásio? 
Pois é! Foi quando li este artigo que pensei seriamente no assunto – às vezes, mesmo que estejamos a trabalhar arduamente para sermos bem sucedidos nos nossos objectivos, alguns maus (e bastante frequentes) hábitos e alguma negatividade podem inadvertidamente levar-nos ao falhanço ou à frustração. Mas alegrem-se, minha gente, que há solução! Ou, pelo menos, algumas dicas bem boas para nos ajudarem. Este artigo identificou alguns hábitos e atitudes de mulheres saudáveis e fit que nos podem ajudar. Vão lá buscar o papel e a caneta que eu espero…
Estão aí!? Boa! Segundo este artigo, estes são os TRÊS comportamentos fundamentais e basilares para sermos mulheres (e homens, claro!) muito FIT:
1) NUNCA FALHAR A PRIMEIRA REFEIÇÃO DO DIA
É básico, eu sei! E é uma das regras fundamentais de uma boa alimentação, mas este mantra não é apenas um cliché-nutricional é a mais pura das verdades. O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia. Contudo, a percentagem de pessoas com quem falo diariamente que saem de casa e não tomam o pequeno-almoço é assustadora. Quantas pessoas conhecem que só comem 2 horas depois de acordar? Já no bar perto do trabalho? Possivelmente um croquete com um café ou uma meia de leite com um croissant misto? Imensas, certo? 
Pois é, fiquem sabendo que as mulheres fit não se esquecem de tomar o pequeno-almoço em casa. Porque esta importante refeição, para além de fazer um boost ao metabolismo, funciona também como combustível de que necessitam para serem bem sucedidas quer no trabalho, quer no treino. Este estudo demonstra que estas mulheres fit comem, ao pequeno-almoço, iogurte grego (ou com elevado valor proteico) com sementes e bagas, claras de ovo com espinafres ou sumos verdes.  Aqui ficam as sugestões para tentarmos em casa.
2) DORMIR BEM
A frase a reter é esta: quando dormimos pouco (ou nada) fazemos más escolhas alimentares e de lifestyle. Não fui eu que disse, foi o artigo em questão, mas eu subscrevo na totalidade. Sempre que não durmo em condições ou repouso o suficiente para o meu corpo recuperar fico com mais fome, com mais vontade de comer junk food, com menos disponibilidade para os outros e menos vontade de treinar. Portanto, assino por baixo desta dica, porque é TRUE STORY para mim. 
Sabemos perfeitamente que ficamos mais irritados e irrascíveis quando não descansamos o suficiente, por isso, diz-nos o artigo, que existe uma maior probabilidade de desejarmos aquela comida cheia de óleo, sal ou açúcar, em detrimento de uma salada ou de um prato mais saudável. Chama-se confort-food por alguma razão. As mulheres saudáveis deste estudo revelaram que, por todas estas razões (ou tentações) fazem do seu ritual de sono uma prioridade, porque uma noite repousada e descansada é meio caminho andado para acordarmos rejuvenescidas e sem stress, prontas para atacar o dia que se avizinha, fazendo escolhas saudáveis e acertadas. Estou com vocês, amigas. Tenho que por os meus sonos em dia, tipo, tipo URGENTE, à conta desta semana louca acabei de ir comprar um chocolate ao bar, só porque sim! Blame it on the sleep, foi o que pensei! 
3) PENSAR NA COMIDA COMO COMBUSTÍVEL
A terceira e última dica foi super reveladora para mim. Life-changing MESMO. 
É fácil ficarmos baralhadas com a quantidade de informação que hoje existe ao nosso dispor sobre alimentação saudável, nutrição, dietas, etc e tal. E sobre o que comer e não comer. Pois bem, fiquem a saber que as mulheres fit têm uma relação muito positiva com a comida porque elas percepcionam-na como combustível. Não é incrível?! Façam este exercício. 
Elas fazem as suas escolhas baseadas neste entendimento e não numa concepção emocional dos alimentos. Mais! Elas sentem orgulho na comida que ingerem e essa é a melhor dica para cuidarmos melhor de nós e do nosso corpo – termos orgulho daquilo que comemos e, por isso, daquilo que somos. Para mim foi uma grande lição. Vou mesmo tentar colocar em prática estas três dicas para ver que alterações noto no meu corpo, na minha mente e na minha disposição para ser feliz e treinar melhor.
E vocês? Contem coisas? Qual destas regras já seguem? Está a dar resultado? Qual é a mais difícil de cumprir? Chutem ai mulherada gira!!!!
0

Leave a comment

About