culture, inspirations, life&love

Freeport Alcochete, what’s wrong with you??!

2 Abril, 2015

Hoje tive a excelente noticia de que tinha direito à minha tarde de quinta-feira em modo férias Pascais antecipadas. Acho que não há nada melhor do que se saber que se vai mais cedo para casa, temos a tarde para fazermos o que nos dá na real gana, quase como aquela sensação de encontrarmos um nota escondida num bolso de umas calças que já não usamos há muito tempo… get it?!

E o que é que eu fiz, meus senhores e minhas senhoras!? Fui lamber montras (salvo seja) para a baixa e depois acabei, vá-se lá saber como, no Freeport Alcochete. Assim, um petit desvio. Eu sei, nada a ver! Mas queria ir lá para ver se encontrava umas pechinchas boas, nunca mais tinha botado lá as patas e queria ver como paravam as modas. Literalmente.

Eu sei que não foi no século passado que lá fui, muito menos há mais de 6 meses, daí o espanto que quero partilhar com vocês: o que é que se passa com o Freeport??!
Percorri as minhas lojas do costume e N.A.D.A! Zero! Não encontrei NADA de jeito. Nem uma pecinha que dissesse “hum… que catita, vou levar”. NADA. Estava tudo depenado, super escolhido, colecções passadas das passadas e eu sem poder fazer o gosto ao dedo e feirar decentemente. Está mal. Logo hoje que recorri às compras como bálsamo regenerador para a alma. Não há direito. É que citando Carrie Bradshaw “Shopping is my cardio”!!!!

Só safou a ida, a gasolina e a portagem por um par de botas do género que andava à procura há muito tempo para substituir umas que tenho velhinaaaaaas, velhinhas de estimação.
As botas são da Mango, eram 100 e tal euros e comprei-as por 49,90€. Mui bueno, non?!

Mas de resto vim de lá desacorçoada. Que se passa Freeport Alcochete? Estás bem? Precisas de ajuda? Será que sou eu que preciso de ajuda a fazer compras lá? Help!
Aceitam-se sugestões ou justificações.
Feel free to share. 

0

Leave a comment

About