inspirations, life&love

ORA, VAMOS LÁ FALAR SOBRE RESOLUÇÕES EM 2017

3 Janeiro, 2017

BOM ANO MINHA GENTEEEEEEEEEEE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

FELIZ 2017!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Que este seja um ano magnífico para todos, cheio de coisas boas, de tudo o que mais desejam e como diz a minha avó “saudinha e dinheirinho para gastos”. Mai’nada!

Já aqui confessei que não sou grade fã da Passagem do Ano, acho sempre que há algo de nostálgico nesta data, algo que remete para fim, que nunca gosto de sentir, mas é a vidinha! Temos que chegar ao fim, para recomeçar, certo? Agora todos juntos, “CEEEEERTOOOOOOO”!

E todos os anos lá vou eu para cima da cadeira, com a cuequinha azul, dinheiro na bota, com as passas e o champanhe na mão, fazer a contagem decrescente e assim que bate a meia-noite dou o primeiro salto, sempre com o pé direito, para o chão, para entrar no Novo Ano com tudo a que tenho direito. 

Este ano não foi excepção, sendo que estávamos tão tranquilos em casa, na converseta com os nossos amigos que quase não dávamos pelas badaladas da virada. De repente olhei para o relógio e vi que faltavam menos de um minuto para a meia noite (how depressing, hum?). Saltei do sofá, gritei pelas passas e pelo champanhe, fui buscar a cadeira, mobilizei pessoas e quando me pus em cima da bicha já se gritava “5… 4… 3… 2… 1… FELIZ ANO!!!!”. Por pouco não perdia a tradição e, quem sabe, a sorte que dali vem.

Depois do salto acrobático para o Novo Ano (por pouco não dava um valente tralho) sentei-me calmamente no sofá a fazer as minhas contabilidades à vida e a pedir os meus DESEJOS. 

Escrevi “DESEJOS” propositadamente porque acredito ser esta a palavra exacta para descrever aquilo que temos que pedir com as uvas-murchas, vulgo passas (a sério, não sei porque continuo a comer as passas, não sei mesmo. Alguém sabe de onde veio esta tradição?). São os desejos que depois motivam a construção das nossas resoluções, essas, sim, são mensuráveis, objectiváveis e atingíveis. 

Na minha opinião, aquilo que devemos pedir à meia noite são desejos – aquilo que mais ansiamos por conquistar ou receber no novo ano. Mas depois de elaborados os desejos temos que saber construir as resoluções que nos vão permitir atingir o sucesso e concretização dos nossos desejos. 

Achei que era importante partilhar esta minha visão das coisas com vocês, porque sinto sempre que esta é a altura do ano perfeita para fazermos um reset e começar algo de novo. Apesar de achar que o tempo é contínuo (ele é implacável e não distingue pessoas, coisas ou acontecimentos) e a seguir à Passagem do Ano tudo vai permanecer igual, temos que agarrar esta oportunidade criada de “um novo ano” para imprimirmos esta mentalidade do “recomeço” de algo novo. 

Não é porque começa o ano que as coisas vão mudar, mas por começar um novo ano NÓS podemos alterá-las. Vamos por isso aproveitar esta fase de reflexão e mudança para impormos a energia correcta e fazermos dos nossos desejos resoluções atingíveis e mensuráveis para um novo ano que se avizinha. Estão dentro?

Então, bora lá!!!! 

Vou por isso, partilhar, ao longo desta semana, reflexões ou artigos que penso que nos podem ajudar a dar corpo e alma aos nossos desejos. 

Coisas práticas, mensuráveis e concretas para que não nos percamos no vazio do “quero perder peso”, ou “vou ser mais feliz”. É preciso arregaçar mangas e trabalhar para isso. 

Como? É isso que vou tentar ajudar!

LET’S ROCK THIS SHIT!!!! 

Que este ano seja pleno, corajoso, concretizador, energizante, poderoso e cheio de luz! 
É o que vos desejo do fundo do coração <3 <3

Para começar uma tabela que resume tudo aquilo que partilhei e que nos pode ajudar na reflexão:

0

Leave a comment

About